CICLOVIAS DA RIBEIRA GRANDE

Ribeira Grande é um dos seis Concelhos que constituem a Ilha de São Miguel, pertencendo ao grupo Oriental do Arquipélago dos Açores - Região Autónoma dos Açores.

O Concelho da Ribeira Grande localiza-se na região Centro-Norte da Ilha de S. Miguel e, caracteriza-se pela diversidade paisagística única, onde se pode encontrar e desfrutar da beleza da Lagoa do Fogo, eleita uma das Sete Maravilhas de Portugal na categoria de Praia Selvagem - uma Reserva Natural de elevado valor ambiental, paisagístico e turístico.

Com tanto mar em redor, não é de admirar que o Concelho da Ribeira Grande seja classificado como “Capital do Surf”, devido à excelente oferta de infraestruturas para a prática deste desporto de aventura.

A Ribeira Grande é, também, conhecida pelos seus Moinhos de Água. Noutros tempos, chegaram a ser 24. Há poucas décadas atrás, ainda estavam cinco no activo. Localizavam-se ao longo da Ribeira dos Moinhos, uma vala, alimentada pela “Mãe d’Água”, situada num troço da Ribeira Grande, conhecido por “Longaia”. Alguns deles foram recuperados e requalificados para diversos fins, nomeadamente, a hotelaria.

Também, como uma das suas principais identidades, a Ribeira Grande “é o único Concelho do país com capacidade e potencial de crescimento ao nível da geotermia”, já que a energia geotérmica produzida no Concelho, “alimenta cerca de 45% da Ilha de São Miguel”.

Em 2009, o Governo Regional dos Açores, anunciou a adjudicação das obras de construção da Variante à Vila de Rabo de Peixe, Ribeira Grande. Uma via rodoviária com duas faixas de rodagem, passeios laterais e uma Ciclovia, ao longo de cerca de 3,6 quilómetros de extensão. Foi aberta ao trânsito geral, no ano de 2011. Mais recentemente, em 2022, o Governo Regional apresentou uma proposta de criação de um Corredor Ciclável entre a Vila de Rabo de Peixe e a Cidade da Ribeira Grande.

No ano de 2018, o Município Ribeira-Grandense decidiu implementar um plano de mobilidade sustentável para a Cidade da Ribeira Grande, do qual resultou, entre outras medidas, a construção de uma Rede de Ciclovias Urbanas, como forma de incentivar a utilização de transportes mais amigos do ambiente e, desta forma, reduzir as emissões de carbono e outros poluentes.

Em 2020, a Câmara Municipal lançou o concurso público para a empreitada de execução da Rede de Ciclovias da Cidade da Ribeira Grande e, em Maio de 2021 foi inaugurado um conjunto de Ciclovias e Ciclofaixas, com uma extensão total de, aproximadamente, 15 quilómetros.

Actualmente, o Concelho da Ribeira Grande é constituído por 14 Freguesias, sendo que cinco destas compõem a cidade, Sede de Concelho - Ribeira Seca, Santa Bárbara, Conceição, Matriz e Ribeirinha.

Esta Rede de Ciclovias caracteriza-se pela sua localização urbana e pela sua tipologia. Cerca de 44% das Ciclovias são segregadas e unidireccionais. Metade dos Percursos cicláveis, estão integrados na artéria rodoviária, como Ciclofaixas unidireccionais. O restante, são Percursos ciclopedonais, inseridos em zonas pedonais, como praças e passeios marginais.

Em Maio de 2023, foi a vez da implementação de um Sistema de Bicicletas de Uso Partilhado, constituído por 24 Bicicletas eléctricas, distribuídas por 3 Estações de Ancoragem, com capacidade de carregamento para 8 Bicicletas, cada. Duas Estações localizam-se na incubadora de empresas “InWave”, enquanto a terceira se encontra no Mercado Municipal.

Fonte:

ciclovia.pt

Câmara Municipal da Ribeira Grande

24 de Março de 2024

Brevemente, todos os Percursos estarão online.

https://www.ciclovia.pt/