Caminho
Caminho Português Interior
17,802km
MEIOS DE UTILIZAÇÃO PERMITIDOS E DISPONIBILIZADOS NESTA ECOPISTA
Voltar
Regressar ao Percurso de Vila Real da Ecopista da Linha do Corgo
 
Caminhada Bicicleta Equestre
CAMINHADA BICICLETA CAVALO
+ Com a excepção de veículos motorizados, a Ecopista do Corgo permite a circulação de todos os modos suaves de locomoção, nomeadamente pedestrianistas, Bicicletas e cavaleiros.
 
Interdito a Veículos Motorizados
VEÍCULOS
MOTORIZADOS
- Não é permitida a circulação de veículos motorizados.
 
Rio Património Parques Monumentos Património Miradouros Praias Merendas
RIOS PATRIMÓNIO
FERROVIÁRIO
PARQUES MONUMENTOS PATRIMÓNIO
RELIGIOSO
MIRADOUROS PRAIAS MERENDAS
Pontos de Interesse Centro Histórico Moinhos Universidade Alto Douro Caminho Lazer Iluminação
PONTOS DE
INTERESSE
CENTRO
HISTÓRICO
MOINHOS UTAD ALTO
DOURO
CAMINHO
SANTIAGO
LAZER ILUMINAÇÃO
Descanso
DESCANSO
+ A cidade de Vila Real, capital da região de Trás-os-Montes e Alto Douro, localiza-se nas Escarpas do Corgo, muito próximo da Serra do Alvão e, em plena Região Vinhateira do Alto Douro, ou Alto Douro Vinhateiro, onde se inclui o Palácio de Mateus.

+ Não faltam pontos de interesse para visitar a cidade, nomeadamente o Centro Histórico de Vila Real, onde se encontram edifícios com valor patrimonial e com elevado valor histórico e cultural, e donde se destaca a antiga Estação de Caminhos-de-Ferro (C.F.), local onde começa este Percurso da Ecopista.

+ Vila Real, que é a cidade sede da UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, foi em tempos idos, a primeira cidade, em Portugal, a produzir energia hidroeléctrica, com a implementação da Central Hidroeléctrica do Biel, no Rio Corgo.

+ É aqui, nas margens deste Rio, que podemos encontrar o Parque Florestal, o Parque Corgo e, o Complexo Recreativo de Codessais, com a sua Praia Fluvial, entre muitas outras infraestruturas de ócio, lazer e desporto.

+ Mesmo à saída da cidade, em direcção a Norte, pode apreciar um conjunto histórico, a Ponte Romana de Piscais, sobre o Rio Corgo, classificada como Imóvel de Interesse Público, e a Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, que estavam ligadas pela mesma Estrada Romana, que se dirigia para Braga.

+ Continuando a nossa viagem rumo a Vila Pouca de Aguiar, pouco depois da antiga Estação CP de Fortunho, faça um pequeno desvio para Poente em direcção ao Rio Corgo, onde vai encontrar a Ponte de Pedra e, mais acima, a montante, o que resta dos Moinhos de Água da Fraga e da Suvidal.

+ Prosseguindo pela Ecopista e pelo Vale do Corgo, logo a seguir à antiga Estação CP de Samardã, vai encontrar-se, muito possivelmente, com Peregrinos que rumam a Santiago de Compostela. Pois, a partir daqui os Peregrinos utilizam, também, o Percurso da Ecopista, que passa a ser partilhado com o Caminho Português Interior.

+ Pouco depois de atravessar a Ponte sobre o Regato do Reboredo, chega finalmente ao fim deste Percurso de Vila Real. O Rio Corgo continua a correr para Sul, no lado Poente da Ecopista. Olhe mais para a frente, para a outra margem, e vai encontrar a Aldeia de Covelo, com o seu Fojo dos Lobos.

+ Esta Aldeia marca o fim deste Percurso Norte de Vila Real e, o início do Percurso Sul de Vila Pouca de Aguiar, pois a Aldeia do Covelo, está também ela, dividia entre estes dois Concelhos.

+ Se continuar, ao entrar no Concelho vizinho de Vila Pouca de Aguiar encontra logo ali por cima, na encosta Nascente, o Miradouro da Capela de Nossa Senhora dos Milagres, donde pode apreciar a Foz da Ribeira do Mézio, no Rio Corgo.

+ Ao longo de toda a sua extensão, a Ecopista disponibiliza iluminação pública e sinalização específica, que o mantém informado e na direcção certa.

+ Boas Pedaladas!

 
VOLTAR