12,570km
MEIOS DE UTILIZAÇÃO PERMITIDOS E DISPONIBILIZADOS NESTA ECOPISTA
Voltar
Regressar ao Percurso de Chaves, da Ecopista da Linha do Corgo
Caminhada Bicicleta
CAMINHADA BICICLETA
+ Com a excepção de veículos motorizados, a Ecopista do Corgo permite a circulação de todos os modos suaves de locomoção, nomeadamente pedestrianistas e Bicicletas.
Interdito a Veículos Motorizados
VEÍCULOS
MOTORIZADOS
- Não é permitida a circulação de veículos motorizados.
Rios Termas Fontes Ferrovia Turismo Praia Descanso Água
RIOS TERMAS FONTES PATRIMÓNIO
FERROVIÁRIO
TURISMO PRAIA DESCANSO ÁGUA
Barragem Moinhos Açudes Pontos de Interesse Castro Património Rural Bicicletários
BARRAGEM MOINHOS AÇUDES PONTOS DE
INTERESSE
MONUMENTOS PATRIMÓNIO
RELIGIOSO
ZONA
RURAL
BICICLETÁRIOS
Papeleiras WC
PAPELEIRAS WC
+ O Percurso de Chaves, da Ecopista da Linha do Corgo, começa na Vila de Vidago, exactamente uma das Estância Termais, desta região de Trás-os-Montes, que originaram a construção da Linha do Corgo, há mais de um Século atrás.

+ Em Vidago, naturalmente, que as Termas são a atraccão principal, mas também as fontes de águas termais mineromedicinais, como Vidago, Campilho e, Salus. Não se esqueça de uma visita aos jardins do Vidago Palace, que mantém intactas as infraestruturas das antigas Termas de Vidago.

+ Este Percurso ainda não abrange todo o traçado do antigo canal ferroviário da Linha do Corgo, que se encontra ainda em obras de requalificação. No entanto, já é possível ir de Vidago a Curalha, às portas de Chaves, por uma via Ciclopedonal, com toda a segurança e conforto para circulação em modos suaves.

+ Como não podia deixar de ser, o Percurso começa no centro urbano da Vila de Vidago, junto à Igreja de Nossa Senhora da Conceição, e segue em direcção a Norte, até à Curalha, pouco antes da cidade de Chaves.

+ Poucos quilómetros depois de deixar a Vila Termal, o Percurso de Chaves, da Ecopista da Linha do Corgo, começa a aproximar-se da margem esquerda do Rio Tâmega, que vai seguir de muito perto, até ao fim do caminho. Quando passar por baixo da Estrada R311, saiba que é esta a estrada que o pode levar atá à outra margem do Tâmega, a direita, onde se encontra a Praia Fluvial de Vidago.

+ Continuando “rio acima”, e depois de passar por várias zonas de descanso e contemplação, e por uma fonte de água, vai encontrar uma central hidroelétrica, a Mini-Hídrica da Peneda, que também utiliza a força motriz do Rio Tâmega para produzir 520 KW de electricidade.

+ Siga o trilho da Ecopista, pois já está a meio do caminho e, ainda vai encontrar vários açudes e antigos Moinhos de Água do Rio Tâmega, antes de chegar a Curalha.

+ Chegados aqui, a Curalha, ou Tâmega - para a antiga Estação CP da Linha do Corgo, depois de atravessar a antiga ponte ferroviária sobre o Rio Tâmega, vai encontrar uma aldeia que se caracteriza pelos seus vários Castros, que remontam à época Celta. O mais bem conservado de todos, o Castro de Curalha, merece uma visita. Também, ainda nesta aldeia, pode apreciar o rio, com os Moinhos de Água e as poldras que o atravessam para a outra margem.

+ O edifício da antiga Estação CP de Tâmega, Curalha, agora nas mãos de privados, mantém-se conservado, assim como uma antiga Locomotiva a vapor, em exposição nas proximidades.

+ Ao longo de toda a sua extensão, o Percurso de Chaves, da Ecopista da Linha do Corgo, disponibiliza Zonas de Descanso e Contemplação e, Suportes de Parqueamento para Bicicletas. Também apresenta sinalização específica, que o mantém informado e na direcção certa.

+ Este Percurso de Vidago, juntamente com os Percursos de Vila Pouca de Aguiar e, com os restantes Percursos em construção no Concelho Flaviense, da Ecopista da Linha do Corgo, mais as Ciclovias das Margens do Tâmega, no centro da cidade de Chaves, e a Ecovia do Tâmega - Eurocidade Chaves-Verin, constituem, no seu conjunto, a nova Ecovia Internacional do Tâmega e Corgo.

+ Boas Pedaladas!

3 de Maio de 2021