6,400km
MEIOS DE UTILIZAÇÃO PERMITIDOS E DISPONIBILIZADOS NESTA CICLOVIA
Voltar
Regressar às Ciclovias das Margens do Tâmega
 
Caminhada Bicicleta
CAMINHADA BICICLETA
+ Ciclovias bidireccionais partilhadas. É permitida a circulação de Peões, de Bicicletas, Patins em linha, Trotinetes e Skates.
 
Interdito a Veículos Motorizados
VEÍCULOS
MOTORIZADOS
- Não é permitida a circulação de veículos motorizados.
 
Rio Açudes Centro Histórico Património Termas Jardins Monumentos Parques
RIO AÇUDES CENTRO
HISTÓRICO
PATRIMÓNIO
RELIGIOSO
TERMAS JARDINS MONUMENTOS PARQUE
Pontos de Interesse Parque Coreto Pesca Ecovia Museu Museu Castelo
PONTOS DE
INTERESSE
PARQUE
INFANTIL
CORETO PESCA ECOVIA MUSEU MUSEU CASTELO
Fitness Descanso Bicicletários Iluminação Papeleiras WC Estacionamento
FITNESS DESCANSO BICICLETÁRIOS ILUMINAÇÃO PAPELEIRAS WC ESTACIONAMENTO
+ Neste conjunto de Ciclovias, o elemento comum é o Rio Tâmega, os seus açudes e as poldras e, a envolvência das suas margens.

+ Com o extraordinário património histórico e religioso que a caracteriza, a cidade de Chaves é um excelente destino turístico. Aqui ficam alguns exemplos do que vai encontrar enquanto percorre as Ciclovias das Margens do Rio Tâmega.

+ Começando na margem direita junto às Termas de Chaves e, seguindo em direcção a jusante, vai logo deparar-se com o Jardim do Tabolado, o monumento da Ponte do Ribelas (Caldas), a Ponte Nova, a Foz do Ribeiro de Sanjurge e a Azenha do Agapito.

+ Logo de seguida atravesse a pequena ponte ciclopedonal para a margem esquerda e, em direcção a montante, vai encontrar outra vez a Ponte Nova. Depois vai passar pelo Açude da Madalena, pela Zona Verde Marginal da Madalena, pelas Poldras do Rio Tâmega e pela Foz da Ribeira do Caneiro, por outra Ponte Ciclopedonal, pela Foz da Ribeira das Avelãs e pelo Jardim Público com o seu Coreto e o Parque Infantil, pelo Centro Histórico de Chaves com a Ponte de Trajano (Ponte Romana), pela Capela de S. Roque e pela Pista de Pesca de Chaves, do Rio Tâmega.

+ Chegando ao açude da Estação de Tratamento de Águas de Santa Cruz, é aqui que começa a Ecovia do Tâmega (Eurocidade Chaves-Verin), uma nova Ecovia que percorre as margens do Rio Tâmega, em direcção a Norte, atravessando a fronteira e continuando até à cidade transfronteiriça de Verin, já na vizinha Galiza.

+ Agora, atravesse de volta, para a margem direita, através do açude e, em direcção às Termas, acompanhando o curso do rio, vai passar ainda pelo futuro Parque da Galinheira, novamente pelo Centro Histórico, pela Ponte Romana de Trajano, pela Ponte Pedonal e pelo Açude das Poldras, pelo Jardim do Tabolado, e outra vez pelo Açude da Madalena.

+ Próximo do Centro Histórico, ainda na margem direita, vai poder observar diversos monumentos, entre eles o Núcleo Museológico de Chaves, do Museu Nacional Ferroviário e o edifício da antiga Estação CP, da Linha do Corgo. Mais próximo vai encontrar o Castelo e a Torre de Menagem, os Fortes de S. Francisco e de S. Neutel. Depois de passar por baixo da Ponte de S. Roque, encontra logo o Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso e, de seguida, as Ruínas do Balneário Termal Romano, entre muitos outros monumentos.

+ Paralelo a todo o percurso das Ciclovias das Margens do Tâmega, desenvolve-se, ainda, um Circuito de Manutenção, com vários postos de manutenção física.

+ Também, pode usufruir das muitas Zonas de Descanso e Contemplação, dos vários Bicicletários - Suportes de Parqueamento de Bicicletas, de iluminação pública, papeleiras e instalações sanitárias, parques de estacionamento automóvel, etc.

+ Ao longo de todos os Percursos das Ciclovias das Margens do Tâmega, existe sinalização específica, tanto vertical como horizontal, que o orientam na direcção certa.

+ Boas Pedaladas!

2 de Maio de 2021