RIO MINHO Greenway
Ecopista do Rio Minho (RIO MINHO Greenway)
Percurso de Valença Percurso de Monção

O ramal ferroviário que ligava Valença a Monção foi desactivado há vários anos, sofrendo uma progressiva degradação pela ausência de utilização. Perante isto, os Municípios de Monção e Valença celebraram protocolos com a Refer para que, em 2004, abrisse ao público uma Ecopista destinada ao Cicloturismo e a passeios pedonais, o que fez desta via ecológica a segunda em Portugal a aproveitar antigas linhas ferroviárias - então desactivadas. Uma via destinada ao uso público como forma privilegiada de circulação para o lazer, o desporto, actividades lúdicas e recreativas, culturais e, de protecção do meio ambiente.

O objectivo da Ecopista do Rio Minho é contribuir para a promoção do desenvolvimento integrado da região, reunindo pontos de interesse histórico/culturais, o turismo, o recreio e o lazer, incentivando à conservação da natureza e valorização dos sistemas naturais existentes. Ao longo do Percurso os painéis de interpretação e toda a sinalética fornecem os elementos necessários para que os seus utentes, na ausência de guias, possam compreender os recursos culturais, naturais e paisagísticos que vão percorrendo.

Com a criação da Rede de Grandes Rotas de Percursos Pedestres do Vale do Minho - Grande Rota da Travessia da Ribeira Minho, a Ecopista ficou ainda mais rica no que respeita à observação da natureza. Na Veiga de Friestase Lapela foi criado um Observatório de Avifauna, que permitirá aos turistas visionar as várias espécies que aqui habitam.

Em 2009 a Ecopista do Rio Minho foi galardoada com o 4º Prémio da Associação Europeia de Vias Verdes, na categoria "Sustainable Development and Tourism".

Fonte: C. M. de Monção
RAMAL DE MONÇÃO
PK (km) : ESTAÇÃO/Apeadeiro
129,769 : VALENÇA
: Ganfei
132,432 : GANFEI
135,244 : VERDOEJO
137,079 : FRIESTAS
140,300 : LAPELA
: Troporiz
142,381 : Senhora da Cabeça
146,152 : MONÇÃO
 
VOLTAR
2008- | ©ciclovia.pt #